• VetJr.

Você sabe o que é a colostragem?

Atualizado: Mai 18


A imunidade dos bezerros é de fundamental importância para a sobrevivência destes, pois permite evitar e combater infecções para um crescimento e desenvolvimento normais. Como a placenta de ruminantes não admite a passagem de macromoléculas, os bezerros não recebem anticorpos necessários durante a gestação, sendo necessário a realização da colostragem.

O colostro é descrito como a primeira secreção láctea dos mamíferos produzida durante o período seco (final da gestação), rico em imunoglobulinas, nutrientes, hormônios, gordura, proteína e fatores de crescimento, que são fundamentais para o recém-nascido.  Além disso, também exerce funções importantes na modulação do desenvolvimento do trato gastrointestinal e do metabolismo, que são essenciais para um ganho de produtividade a longo prazo. Contudo é pobre em lactose e muda sua composição após o quarto dia de lactação para a considerada leite normal. 


A colostrogênese se inicia com a transferência de imunoglobulinas da circulação materna para secreção mamária, que se acumulam na glândula mamária no final da gestação em torno de cinco semanas antes do parto, juntamente com proteínas ativamente transferidas por meio da corrente sanguínea da vaca e ocorre por influência de hormônios como estrógeno, progesterona e prolactina.


A administração do colostro é de simples e fácil realização, e o ideal é que seja administrado logo após o nascimento do bezerro, nas primeiras 6 horas de vida, pois é nesse período que ocorre a máxima absorção dos nutrientes, além de diminuir os riscos de várias doenças e prevenir a mortalidade neonatal. Existem inúmeros fatores de risco de contaminação para o bezerro em suas primeiras horas de vida, por isso é essencial que boas condições de higiene sejam preservadas durante e após o parto na área de maternidade. Para coletar um colostro sem contaminação é essencial limpar e desinfetar o úbere, o equipamento de ordenha e todos os outros usado na coleta, armazenamento e fornecimento do colostro, além de usar o colostro imediatamente após a retirada ou então refrigerar ou pasteurizar o líquido de forma adequada.  A fim de garantir um bom colostro para as bezerras, é aconselhável manter na propriedade um banco de colostro.


Determinar a qualidade do colostro é útil para evitar fornecer um colostro de baixa qualidade a recém-nascidos. O conteúdo em imunoglobulinas está diretamente relacionado com o seu conteúdo em sólidos, e o aspecto está relacionado com sua qualidade; quanto mais cremoso e espesso, melhor será pelo maior conteúdo em sólidos. Para a avaliação da qualidade, utiliza-se o aparelho chamado colostrômetro, que classifica o colostro conforme a concentração em imunoglobulinas.


A avaliação da transferência passiva de imunidade é essencial no sistema de criação de bezerros, e fatores como concentração de níveis de imunoglobulinas no colostro, volume bebido, intervalo de tempo entre o nascimento e o consumo, qualidade sanitária do colostro, idade da mãe, manejo dos animais e capacidade de absorção determinam a eficiência da transferência. Escrito por Amanda Dias.

Entre em contato conosco:

bovinocultura@vetjr.com

Celular VetJr.: 31 98292 7161

0 visualização

+55 (31) 9 8292-7161

contato@vetjr.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

© 2020 Veterinária Consultoria Júnior UFMG. Todos os direitos reservados.