• VetJr.

Raças de bovinos de produção no Brasil

Atualizado: Mai 18


No Brasil, a bovinocultura é uma área de grande destaque, fazendo com que o país seja referência no ramo da pecuária, possuindo um dos maiores rebanhos do mundo. Os rebanhos são dos mais diversificados. Devido a isso, há uma grande quantidade de raças de interesse zootécnico, o que pode gerar dúvida e indecisão na escolha da espécie.


Essa variedade de raças se deve à importação de animais de origem europeia e indiana, por pecuaristas que realizavam diversas expedições, para trazerem para o Brasil exemplares de raças mais especializadas em produção de leite e/ou de carne. Essas importações, junto com os cruzamentos realizados, resultaram no aumento de grupos genéticos do rebanho brasileiros, apresentando características distintas entre diferentes grupos.


A distinção entre os grupos faz com que haja diferença na aptidão de cada rebanho, conforme sua especialização. Devido a isso, algumas raças são mais indicadas para corte e outras para produção de leite, conforme a especialidade de cada linhagem. Aqui, serão descritas as diferentes raças que compõe o rebanho brasileiro e a respectiva aptidão de cada uma.

  • Guzerá: origem indiana de dupla aptidão, por ser resistente e facilmente adaptável. Entretanto possui destaque para a produção de leite;

  • Nelore: origem indiana, tem boa rusticidade e bom ganho de peso, sendo usado para produção de carne;

  • Holandês: origem europeia, selecionada para produção de leite;

  • Gir: origem indiana, raça melhorada geneticamente visando produção de leite;

  • Girolando: Cruzamento entre Gir e Holandês, resultando em maior resistência e alta aptidão para produção leiteira;

  • Senepol: origem africana, apresentam genética voltada para produção de carne;

  • Angus: selecionada para produção de carne;

  • Charolês: origem francesa, é uma raça de gado de corte;

  • Sindi: proveniente do Paquistão, com alta rusticidade, com aptidão para produção de leite;

  • Hereford: originário da Inglaterra, a raça é selecionada para produção de carne;

  • Tabapuã: raça nacional, utilizada como gado de corte;

  • Limousin: origem francesa, especializada na produção de carne;

  • Simbrasil: raça nacional, com boa aptidão para produção de carne;

  • Brahman: origem americana, voltado para produção de carne;

  • Braford: origem americana, com aptidão para corte;

  • Simental: origem suíça, voltada para produção de carne


Assim, cada raça possui aptidão maior para certa produção, sendo que há aquelas com dupla aptidão. Entretanto, o bom desempenho dos animais vai depender de diversos fatores, como nutrição, condição sanitária, clima, densidade de animais, entre outros fatores, que vão interferir na produtividade do animal, refletindo na sua aptidão. Por isso a VetJr. possui uma equipe preparada para avaliar as variáveis e sugerir a melhor raça para sua criação ou adaptar manejos para sanar problemas que possa afetar o desempenho do seu rebanho.

Escrito por Júlia Freitas.

Entre em contato conosco:

bovinocultura@vetjr.com

Celular VetJr.: 31 98292 7161

0 visualização

+55 (31) 9 8292-7161

contato@vetjr.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

© 2020 Veterinária Consultoria Júnior UFMG. Todos os direitos reservados.