• VetJr.

Importância DA ESTAÇÃO DE MONTA: como definir este período

Atualizado: Nov 10


A estação de monta é uma técnica de manejo que compreende um período determinado, no qual o reprodutor persiste no rebanho em acasalamento com as matrizes. Nesta prática, as fêmeas em reprodução são expostas a touros ou submetidas a inseminação artificial em um mesmo período do ano, fazendo com que haja uma concentração das ocorrências reprodutivas durante a época de melhor crescimento natural dos pastos. Mas como este período é definido?


A definição da estação de monta depende da avaliação de diversos fatores, tais como: fertilidade do touro e qualidade do sêmen - para evitar problemas no índice de prenhez - condição ginecológica das fêmeas, e, em especial, os índices pluviométricos da região. Além do que, para obter sucesso nessa prática é importante se atentar também a aspectos como: requerimento nutricional dos animais, assegurar a fertilidade destes, manter o cuidado com os bezerros e observar o período de maior concentração de partos - que deve coincidir com o período de maior disponibilidade de alimentos, o período chuvoso.


A elucidação do período das águas e do período das secas impacta diretamente na disponibilidade e qualidade da forragem para implementação desse manejo. Consequentemente, dada a variação climática ao longo do país, certas regiões podem adotar épocas do ano diferentes para a instituição da estação de monta. Através da sincronização entre o período de maior requerimento nutricional - a fase de lactação - com o período de maior disponibilidade de forragens, é possível aumentar a eficiência reprodutiva dos animais, graças ao fornecimento de boa quantidade de nutrientes para as vacas, favorecendo os índices zootécnicos dos animais.


Com a maior disponibilidade de forragem, os animais melhoram a condição corporal, favorecendo a reprodução. Isto ocorre após aproximadamente 2 ou 3 meses do início da estação chuvosa, pensando em bovinocultura, período em que as vacas tendem a ficar gestantes, e com isso, a parição, no ano seguinte, coincide com o período de maior disponibilidade de alimento.


Portanto, a adoção desse manejo acarreta em diversos benefícios para a propriedade, sendo que, entre as vantagens dessa técnica estão a concentração dos partos e das atividades de manejo subsequentes, como fornecimento de concentrado, desmama, vermifugação, vacinação, castração, recria e engorda, e, dentre outros, contribui também para com a homogeneidade de lote dos animais, aumento da taxa de prenhez e a ocorrência da lactação durante o pasto em boa condição de pastagem. E, tendo em vista tudo que foi apresentado, fica claro que o estabelecimento da estação de monta, associado aos inúmeros aspectos que se sujeitam a ela, é essencial para eficiência produtiva do sistema.


Dessa forma, a VetJr. se apresenta ao produtor com o intuito de auxiliar no planejamento e estabelecimento da estação de monta da forma mais adequada para cada caso, visando favorecer o processo produtivo e contribuir para com a lucratividade do sistema.


Escrito por: Júlia Freitas e Tamires Dias.


Entre em contato conosco:

bovinocultura@vetjr.com

Celular VetJr.: 31 98292 7161


+55 (31) 9 8292-7161

contato@vetjr.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

© 2020 Veterinária Consultoria Júnior UFMG. Todos os direitos reservados.