• VetJr. UFMG

Como o Cenário da Avicultura e Suinocultura Atual Afetam o Pequeno e Médio Produtor


A exportação brasileira de carne de frango, no último mês, sofreu um aumento de 13,7% em relação ao mesmo mês do ano passado, dando um total de 414 mil toneladas de carne, principalmente para Filipinas, Rússia, Reino Unido e Chile. Enquanto que a carne suína, apesar da estabilidade quando comparada com o mesmo período no ano passado, teve 102 mil toneladas exportadas, para China, Chile, Uruguai e Vietnã. Já quanto à exportação de ovos, o Brasil bateu 470 toneladas no mês, 42% a mais que o mesmo mês do ano passado, porém com 50% de receita a mais, demonstrando uma maior venda de ovos beneficiados e uma maior valorização do produto brasileiro; e como principais países compradores de ovos temos: Emirados Árabes, Japão e Uruguai.

O valor total de exportação de 4 bilhões de dólares gerados pelas duas carnes (suína e de aves), ajudaram no saldo positivo do mês de Maio e mantiveram o mercado próspero, de forma geral, apesar da permanência da alta do preço da soja e do milho.

Se você, pequeno e médio produtor, muitas vezes não exportador, está se perguntando como que a ampliação contínua do mercado te ajuda, deve pensar que a expansão do mercado exportador aumenta o preço interno, pela menor oferta de produtos para o mesmo, além de motivar tecnologias, que a longo prazo beneficiam a todos, e baratear produtos de consumo, comuns a todos os produtores.

Outro fator que pode motivar os produtores para o futuro é a maior preferência de ovo, carne suína e carne de frango como tipos de proteínas na mesa dos brasileiros, como demonstrado por pesquisa lançada pela ABPA, no último mês. A Associação demonstrou que 98,5% dos lares consomem algum tipo de proteína animal, sendo o ovo o mais presente, em 96% das casas. E ao aprofundarmos mais ainda na pesquisa, foi demonstrado que o mercado de bairro é o local de maior preferência para compra de ovos pelos brasileiros, excelente notícia para os produtores de galinhas caipiras. Ainda sobre o mercado de ovos, 36% dos brasileiros confirmaram ter costume de adquirir ovos caipiras, 82% denotam o ovo como uma excelente fonte de proteína e 74% ressaltam o ovo como tendo um alto valor nutricional, número positivo para os produtores do setor.

Especificamente na pandemia, 37% dos entrevistados pela ABPA disseram ter aumentado o consumo de ovos e 23% aumentaram o consumo de carne de frango, sendo que o aumento da compra online de ovos, carne suína e de frango subiram de 2% para 5%. Sinal claro de que o e-commerce ganhou força e que o marketing desses produtos deve ser cada vez mais explorado. Outro indicativo de que o marketing irá nortear as vendas de ovos daqui pra frente é o fato das embalagens serem o ponto em que a maioria dos consumidores teria alguma sugestão para fazer, sendo: aumentar a facilidade de higienização, praticidade e segurança no transporte e armazenamento, e embalagens biodegradáveis e recicláveis as mais presentes.

Alguns mitos ainda atrapalham o mercado, como a crença de que há hormônios em frangos, por 59% dos entrevistados, e 54% que creditam a carne suína um maior teor de gordura.

Por fim, temos vários pontos positivos para quem trabalha na área como: o aumento do limite de crédito para os produtores de milho e sorgo, fator que aumenta a oferta de insumos e tendem a reduzir os altos custos nutricionais para avicultura e suinocultura, e o aumento do aporte de recursos ao PRONAF, órgão responsável pelo financiamento de produtores rurais. Além disso, temos o incentivo da ABPA a Coreia do Sul sobre os benefícios da compra e consumo da carne suína e de frango brasileira, que tende a aumentar a importação desse país dos nosso produtos, e a liberação de linhas de créditos para a geração de energia renovável (biogás ou biometano) que também foram criadas, e além do compromisso com o meio ambiente podem reduzir o gasto com energia do pequeno consumidor.


Escrito por: Henrique Lobato

Entre em contato conosco:

Avicultura@vetjr.com

Celular VetJr.: 31 98292 7161


Referência:

  1. ALMEMAN, Felipe. Ovo tem 96% de preferência na mesa do brasileiro, aponta pesquisa da ABPA. A hora do Ovo. Disponível em: <https://ahoradoovo.com.br/lista/ovonews/post/Ovo-tem-96percent-de-preferencia-na-mesa-do-brasileiro-aponta-pesquisa-da-ABPA>. Acesso em: 28 Jun. 2021.

  2. ABPA - Associação Brasileira de Proteína Animal. Abpa-br.org. Disponível em: <https://abpa-br.org/noticias/>. Acesso em: 28 Jun. 2021.



16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo