• VetJr.

Nutrição de canário belga

Atualizado: há 4 dias


A nutrição desempenha um papel importante na saúde animal, podendo influenciar no crescimento, reprodução e longevidade desses animais. Além destes fatores, a nutrição pode causar alterações de coloração em penas e até mesmo no canto dos pássaros.


Cada nutriente participa de uma ou mais funções vitais e não há um ingrediente que é totalmente completo, ou seja, que vai suprir todas as exigências do animal. Diferentemente do que diz aquele ditado: “Quanto mais colorido seu prato estiver, melhor”, a alimentação não é tão simples e requer um balanceamento adequado para garantir o desenvolvimento e bem-estar dos animais.


Apesar de ser o alimento mais próximo ao que os canários encontram na natureza, as sementes não são nutricionalmente suficientes. Geralmente, as misturas comercializadas ou produzidas pelo próprio criador não possuem um balanceamento adequado. Ainda que apresentem proteína e gordura em sua composição, as sementes são pobres em minerais e vitaminas, resultando em uma deficiência destes compostos. Outro fator a se considerar é a seleção de sementes pelas aves, consumindo mais um tipo de semente do que outro, agravando mais a situação.


Outra opção encontrada é a ração comercial extrusada, esta por sua vez, possui uma melhor formulação e pode apresentar especificação para cada etapa do desenvolvimento, como por exemplo, uma ração específica para filhotes, animais reprodutores ou manutenção. No entanto, estas rações não são tão acessíveis economicamente e a mudança da mistura de sementes para extrusada demanda um manejo mais elaborado.


Sendo assim, os produtores tem optado por utilizar a mistura de sementes associada a ração farinhada, consistindo em uma mistura mais adequada de sementes o que a torna uma alternativa viável. No mercado, existem diversos produtos para suplementação de deficiências que a mistura de semente e farinhada podem eventualmente causar. Dentre eles podem ser citados os suplementos vitamínicos, minerais e até mesmo a mistura de vitaminas, minerais e aminoácidos. Porém, estes não devem ser usados todos de uma vez e sem restrições, pois poderão causar um excesso de nutrientes e, consequente, a intoxicação das aves. Para evitar situações como esta, é sempre bom entrar em contato com um médico veterinário especializado na área para auxiliar nesta formulação.


Uma das suplementações mais recomendadas é a disposição de uma fonte de Cálcio, devido a este ser o principal mineral que as sementes não possuem em quantidade adequada. É muito importante a aquisição de produtos que possuam no rótulo os níveis de garantia, como por exemplo, o Mix de mineral e o Grit Mix. O suplemento mineral deverá ser deixado à disposição das aves, podendo ser colocado em uma vasilha de forma que os estimule a “brincar”, principalmente os filhotes.


Contudo, a demanda por suplementação e a formulação no geral, são modificadas de acordo com a estação, fase de desenvolvimento e está intimamente associada ao objetivo de produção. Vale ressaltar que não se deve fazer a substituição imediata da ração antiga pela nova, é necessário fazer a adaptação destes animais a nova dieta. A exemplo, temos a tabela a seguir que ensina como poderá ser feita essa adaptação:


Tabela 1 - Introdução a novas dietas

A nutrição é uma etapa essencial ao desempenho e bem-estar dos canários. Neste contexto, a Vetjr. pode lhe auxiliar na formulação correta das dietas, visando o balanceamento nutricional, evitando deficiências e intoxicações de seus animais!


Escrito por: Rafael Lage Magalhães.


Entre em contato conosco:

vetjr.silvestres@gmail.com

Celular VetJr.: 31 9 8292-7161 

+55 (31) 9 8292-7161

contato@vetjr.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

© 2020 Veterinária Consultoria Júnior UFMG. Todos os direitos reservados.