top of page
  • Foto do escritorVetJr. UFMG

Manejo Nutricional de vacas em lactação

Existem vários fatores que influenciam a exigência nutricional de bovinos, como raça, estádio fisiológico, genética, escore corporal, entre outros. Portanto, para garantir um manejo nutricional adequado, é essencial padronizar o rebanho o máximo possível, levando em consideração idade, raça, produção de leite, peso vivo, ganho de peso médio, e demais características relevantes. 

Especificamente para as vacas em lactação, essas exigências aumentam significativamente, visto que esse período é extremamente crítico para o animal. Durante a lactação, as vacas requerem maior aporte nutricional de proteínas, vitaminas e minerais devido à produção de leite. Portanto, na formulação da dieta, é importante considerar o nível de produção de leite, o peso corporal da vaca, a fase da lactação e outros fatores pertinentes para garantir o sucesso nutricional. 

A base da dieta de uma vaca em lactação geralmente consiste em forragens de alta qualidade, como feno, silagem de milho ou de grama, que fornecem fibras essenciais para a saúde ruminal e ajudam a manter um ambiente ruminal saudável. Além disso, é necessário fornecer concentrados, como grãos e farelos de oleaginosas, para suprir as necessidades energéticas adicionais desses animais. É válido ressaltar que a oferta de água limpa e fresca em quantidade suficiente é importante, pois a ingestão adequada de água é essencial para a produção de leite e o funcionamento geral do organismo das vacas. 

Além disso, o monitoramento constante do estado corporal deste grupo é de suma importância dada a sua alta demanda energética neste período. O escore de condição corporal é uma ferramenta crucial para avaliar se as vacas estão recebendo uma dieta adequada para atender às suas necessidades nutricionais durante a lactação. Vacas com uma condição corporal inadequada podem apresentar problemas de saúde e redução na produção de leite. 

Nossa consultoria em manejo nutricional é a chave para aumentar a produção e a qualidade do leite do seu rebanho. Uma alimentação adequada não só impulsiona a produção, mas também promove a saúde metabólica, o bem-estar e a longevidade dos animais. Investir no futuro da sua produção é investir no bem-estar e na produtividade das suas vacas. Entre em contato conosco hoje mesmo para transformar suas vacas em verdadeiras campeãs da produção! 

Escrito por: Laís Francini Franco Américo






20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page