• VetJr.

Lagos ornamentais, a junção do hobby a decoração

Atualizado: Mai 17


Muitas pessoas recebem de presentes um pequeno aquário enquanto ainda são crianças e na maioria dos casos acabam por desistir do aquarismo devido às diversas frustrações que esse hobby pode proporcionar quando não se tem o acompanhamento adequado. Mas sem dúvidas qualquer ambiente com um grande aquário ou um lago acaba por chamar a atenção até mesmo da pessoa mais fissurada com esse hobby, que devido a essa característica tem o poder de renovar ambientes inteiros pela presença de alguns peixes se movimentando em meio a algumas centenas de litros de água.

  Geralmente o censo comum diz que quanto maior a quantidade de água mais difícil seriam os cuidados a ser ter com o lago e seus habitantes. Porém o dia a dia mostra justamente o contrário, um lago com uma boa taxa de filtragem e devidamente projetado gera preocupações bem menores do que um aquário de 40 litros do tipo plantado ou um aquário de 200 litros com uma fauna de Discos. Isso ocorre principalmente, pois quanto maior a litragem maior a estabilidade do sistema, impedindo as alterações bruscas dos paramentos da água e que geralmente são fatais.

  A fauna dos lagos pode ter diversas composições, dependendo das dimensões do lago e das características climáticas da região. Para lagos com uma litragem restrita as poucas centenas de litros os Kinguineos são os mais indicados devido ao tamanho, sua resistência e cores que acabam por se destacar em meio ao ambiente do lago. Mas sem duvidas as Carpas Nishikigoi, que possuem diversas tonalidades e grande tamanho, que facilmente chega aos 60 centímetros, roubam a cena em qualquer lago. Porém todo esse tamanho restringe seu uso a lagos com uma maior metragem.

 Uma vantagem inquestionável do uso de Carpas e Kinguineos é a sua resistência ao ambiente, pois devido à quantidade de água utilizada o aquecimento se torna inviável, o que impede a criação de uma série de espécies tropicais que apesar de sua estética podem não ser viáveis devido às variações de temperatura, sobretudo no inverno. Porém em algumas situações como os lagos internos e no caso das cidades localizadas em regiões pouco afetadas pelo inverno, podem possibilitar a criação de espécies mais sensíveis. Porém, situações como essas devem ser analisados caso a caso para evitar frustrações.  

  Mas apesar do foco das atenções de qualquer lago ser a sua fauna, um bom planejamento do sistema de filtragem, uma flora condizente com o ambiente e um projeto eficiente fazem com que seu lago destaque ainda mais seus animais e o torna o centro da casa ou de seu negócio.  Nesse aspecto a VetJr. vem aumentando a sua oferta de serviços nessa área, visando a criação de animais aquáticos devido a todo a sua relevância e presença no dia a dia de todos.


Escrito por: Gabriel Gandolfi


Entre em contato conosco:

silvestres@vetjr.com Celular VetJr.: 31 98292 7161  

0 visualização

+55 (31) 9 8292-7161

contato@vetjr.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

© 2020 Veterinária Consultoria Júnior UFMG. Todos os direitos reservados.