top of page
  • Foto do escritorVetJr. UFMG

A Importância e Funcionamento da Ureia para Ruminantes


A nutrição adequada é fundamental para a saúde e produtividade dos ruminantes, com bovinos, ovinos e caprinos. Os ruminantes possuem um sistema digestivo único, caracterizado por um estômago dividido em quatro compartimentos: rúmen, retículo, omaso e abomaso. O rúmen desempenha um papel crucial na digestão e na transformação de nutrientes, abrigando uma população diversa de microrganismos (bactérias, protozoários e fungos) que fermentam os alimentos consumidos.

Entre os diversos componentes nutricionais que podem ser utilizados na dieta desses animais, a ureia destaca-se como uma fonte econômica eeficiente de nitrogênio não proteico (NNP).

A ureia é um composto químico formado por duas moléculas de amônia e uma de dióxido de carbono. Sua alta concentração de nitrogênio (cerca de 46%) a torna uma opção atrativa para suprir a demanda de proteínas dos ruminantes, especialmente em regiões onde as fontes de proteína natural são escassas ou caras, como por exemplo em locais distantes e semiáridos.

Quando a ureia é ingerida, ela é rapidamente convertida em amônia pelos microrganismos do rúmen. Essa amônia é então utilizada pelos próprios microrganismos para sintetizar proteínas microbianas. Posteriormente, essas proteínas são digeridas e absorvidas pelo animal no intestino delgado, fornecendo aminoácidos essenciais para seu crescimento, manutenção e produção de leite e carne.

Dentre os benefícios do uso da ureia se destacam a eficiência e digestibilidade da ureia, além da economia se compararmos com alimentos proteicos, e com isso pode ajudar a reduzir a dependência do uso de fontes proteicas, e consequentemente, ajuda a reduzir a impacto ambiental que essas fontes podem causar.

Embora a ureia ofereça vários benefícios, seu uso inadequado pode causar sérios problemas de saúde aos ruminantes, como intoxicação por amônia. Para evitar esses riscos, é crucial garantir que a dosagem esteja, se certificar que a mistura esteja homogênea, introduzir a ureia de forma gradual para uma adaptação aos microrganismos do rúmen, realizar um monitoramento contínuo e sempre seguir as recomendações do médico veterinário.

Nós da VetJr. oferecemos o serviço de formulação de ração e podemos te ajudar a gerenciar o uso da ureia de maneira simples e sem complicações, quer saber mais? Entre em contato conosco e agende uma reunião diagnóstica.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page